Pular Navegação (s)

Aula


Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

Descrição Geral

"Este volume recolhe o texto da aula inaugural da cadeira de Semiologia Literária lido por Roland Barthes no Colégio de França em 1977. A despeito de sua extensão, trata-se de um dos textos mais intensos e mais radicais do autor. Numa linguagem cuja polidez acadêmica sente-se, constante e latente, uma nota de velada ironia, Barthes denuncia na sua aula inaugural a astuciosa pluralidade do poder, cujo discurso da arrogância não é assumido apenas pelos porta-vozes do Sistema, mas no próprio mecanismo da linguagem. Como ""a língua implica uma relação fatal de alienação"" na medida em que impõe coerções iniludíveis ao falante, Barthes não hesita em chamá-la de fascista, já que ""fascismo não é impedir de dizer, é obrigar a dizer"". Para ele, só a literatura pode fazer ""ouvir a língua fora do poder"", por ser o lugar de eleição ""das forças de liberdade"", quando mais não fosse pelo exercício daquela ""função utópica"" que ela sempre escolheu exercer. Traduzido para o nosso idioma por Leyla Perrone-Moisés, a obra em sua edição nacional recebeu um prefácio em que, ao analisar-lhe o conteúdo e as implicações do texto, faz brilhantes observações sobre toda a obra de Roland Barthes."

Características

  • Ano: 1996
  • Número de Páginas: 112
  • Acabamento: Brochura
  • Formato de Mídia: Livro impresso
  • BISAC: EDU000000

Comentários

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Detalhes

Marca: Cultrix Referência: 9788531600296